Cupim

Cupim
Nome científico: Isoptera
Comprimento: 0,3 a 2 cm (a rainha possui até 16 cm)
Cor: avermelhada
Quantidade de espécies: mais de 2.000 espécies catalogadas

Os cupins são insetos que apresentam metamorfose incompleta, ou seja, o estágio imaturo não difere muito do estágio adulto, no que diz respeito à forma e preferência alimentar. O ciclo de vida desses insetos compreende os ovos, formas jovens (ou ninfas) e adultos. Os cupins têm polimorfismo, isto é, cada casta tem forma distinta. A casta dos reprodutores são os reis e as rainhas, que na câmara nupcial que escavam juntos, copulam e dão início a uma população. Dos ovos eclodem formas jovens, que irão se transformar em operários, soldados ou novos reprodutores. Os operários são responsáveis pela construção dos ninhos, pela coleta de alimento, pelo cuidado de outras castas e, frequentemente, também colaboram na defesa da colônia. São estéreis, ou seja, não são capazes de se reproduzir. Os soldados defendem a colônia contra inimigos e invasores. Possuem cabeça e mandíbulas grandes e apresentam uma grande variedade de formas e mecanismos de defesa, tanto mecânica como química. Muitos possuem glândulas especiais que produzem secreções de defesa. Alimentam-se, basicamente, de materiais celulósicos, que encontram em papéis, estruturas de madeira e raízes de plantas, e para digeri-las têm associações com protozoários ou mais comumente com bactérias.

 

SOLICITAR INSPEÇÃO

Enviar WhatsApp